Rua 1º de Maio, 14B, Sobreiro, 2640-817 Mafra, Lisboa, Portugal

+351 913315565

not.atelier@gmail.com

© 2016 by Not-Atelier

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Google+ Icon
  • White Instagram Icon

CASA CARPINTEIRO

 

Reabilitação

Sobreiro . Mafra . Lisboa . Portugal

Projecto > 2018
Fase > Em Aprovação
Cliente > Privado

Área > 110 M2

Preço m2 > ...

Recuperação de uma antiga habitação anterior ao ano de 1951

A edificação existente objeto de alteração, corresponde atualmente a uma moradia dividida em 5 divisões, sendo uma para despejos.

A configuração da planta é retangular e desenvolve-se numa área de implantação de 95,13 m2. A distribuição interior é atualmente vocacionada para uso habitacional, sendo composta por divisões interiores em tijolo e um sótão. O pé-direito varia entre 1,9m e 2,8m.

O acesso é realizado por um logradouro pavimentado: Este logradouro tem acesso através de uma rampa que faz entrada desde o Largo de São Sebastião.

A estrutura do edifício é formada por paredes de pedra as quais serão mantidas. O telhado em estrutura de madeira deverá ser substituído e acondicionado térmica e acusticamente, deverá ser realizado uma viga de coroação de todas as paredes de pedra para assegurar a perfeita estabilidade das alvenarias de pedra existentes, assim como a perfeita anclagem da estrutura da cobertura.

A edificação está pintada de cor branca, com barras inferiores azuis, como é característico da zona.

A volumetria existente será mantida nos seus traços gerais, sendo apenas realizadas alterações pontuais consideradas necessárias, respetivamente à zona do forno, que será mantido, passará a estar aberto para uma zona exterior - Esta alteração adequa-se para manter o ar interior da moradia mais salubre, mantendo o uso de forno a lenha, característico da habitação a reabilitar.

Fecho e redimensionamento de algumas aberturas existentes e abertura de outras para ajuste ao programa proposto;

Ajustes paisagísticos de pavimentos diversos e abertura de zonas permeáveis para jardim.

O rés-do-chão atual será mantido nas frações da casa, estas serão diferenciadas em 3 espaços: sala, cozinha e quartos. Com o acondicionamento do sótão este passará a contar com uma suite. Sendo que a restante área de sótão será demolida e dará uso ao pé-direito da zona de sala e cozinha.

O teto será mantido acompanhando a inclinação do telhado, aproveitando esse pé-direito variável.

A localização dos compartimentos foi estudada de modo a fazer uma separação clara entre as áreas “sociais e íntimas”, com aspectos funcionais e formais distintos.

Os espaços interiores estão distribuídos, sempre que possível, a relacionarem-se diretamente com os logradouros existentes e vice-versa.

O acesso principal da Moradia será realizado pelo logradouro, como atualmente.

A zona social será composta com sala e cozinha. A sala como um grande espaço com um teto inclinado será passante. A cozinha tem a mesma relação espacial com a sala e a zona agora exterior do forno que se abre para o logradouro.