Rua 1º de Maio, 14B, Sobreiro, 2640-817 Mafra, Lisboa, Portugal

+351 913315565

not.atelier@gmail.com

© 2016 by Not-Atelier

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Google+ Icon
  • White Instagram Icon

MORADIA NO ZAMBUJAL

 

Obra nova

Zambujal . Mafra . Lisboa . Portugal

Localização > Mafra

Projecto > 2018
Fase > Em Aprovação
Cliente > Privado

Área > 350 M2

Preço m2 > ...

A edificação a construir será realizada num terreno que pelas suas características de exposição solar, ventos dominantes, vistas, acessos e edificações vizinhas, necessidades de programa, originou uma série de pressupostos que levaram a este Projecto de Arquitectura.

Atendendo ao Plano Director Municipal e ao RMEU a edificação teria que ser colocada sobre a zona central do terreno, sobrando assim espaço para os muros colineares com

os terrenos vizinhos:

o edificio surge espraiado sobre o terreno com intenção clara de ocupar espacialmente e visualmente toda a parcela; a volumetria provoca no terreno um movimento longitudinal que reforça visualmente as relações do terreno com o espaço a norte de encosta e fecha visualmente sobre as construções vizinhas;  Ao existir diversas árvores  como pinos pinea, vulgarmente denominados como pinheiros mansos, houve a necessidade dos integrar visualmente estes elementos vegetais, atendendo também às suas grandes dimensões.

A construção tem como objectivo executar uma edificação que reforce os seguintes elementos:

• a relação visual entre espaços interiores e exteriores, produzindo limites visuais;

• criação de espaços interiores não cobertos, sem recorrer a pátios, mas que tivessem as mesmas características;

• produzir volumes distintos caracterizados pela mesma geometria que os une visualmente;

• as coberturas inclinadas dos volumes adaptam-se mais à arquitectura envolvente, criando assim uma relação com o entorno.

Os diferentes volumes estão separados programaticamente, circulação, social e privado:

• o volume social é construído em torno da cozinha, que se abre transversalmente, ao contrário da sala que se abre longitudinalmente sobre o terreno;

• os dois volumes privados apesar de terem a mesma função, um resulta num uso mais clássico de quartos e o outro resulta num espaço mais versátil de uso diferenciado;

• A circulação é realizada pelo volume com cobertura plana que une espacialmente os volumes de coberturas inclinadas e pode ser utilizada na cobertura;

A relação com a via pública, neste caso uma estrada, que tem todo o tipo de infra-estruturas necessárias para a realização da Operação urbanística, é feita como as diversas edificações envolventes.